Os fantasmas da Terra Selvagem, mais conhecidos como "Revs", se tornaram habitantes da masmorra de Forinthry após terem sido banidos pelos jogadores do resto da Terra Selvagem (como antes todo o território era patrulhado pelos revs). A área é considerada PVP, porém muitos se arriscam mesmo assim em busca de objetos valiosos soltos pelos fantasmas (principalmente em servidores membros). A partir daqui veja métodos e dicas para matá-los sem arriscar muito, assim como os itens soltos por eles (no final do guia).

Chegando na Masmorra

A entrada principal localiza-se no nível 22 de perigo, próxima da fortaleza dos guerreiros negros e do vulcão da Terra Selvagem.  É possível chegar lá rapidamente caminhando a partir de Fronteiriça ou da magnetita da Terra Selvagem. Também pode-se optar por usar o feitiço antigo de teleporte às ruínas do oeste. Também há uma segunda entrada no nível 41 de perigo, que pode ser acessada com mais facilidade após uma viagem de canoa até a Terra Selvagem, assim como pelo teleporte fornecido por um titã de lava.

Habitantes de Forinthry

Uma vez dentro da masmorra em questão, será preciso tomar cuidado com os outros monstros que vivem lá. Tomando como ponto inicial a entrada do nível 22 de Perigo, há demônios superiores subindo pelo corredor oeste e dragões verdes pelo leste. Continuando pelo caminho oeste o jogador vai se deparar com cães infernais até a sala dos fantasmas; a oeste da câmara dos "revs" habitam demônios inferiores e ankous. Com isso em mente, o melhor caminho para chegar aos fantasmas é pelo leste, que consiste em uma subida sem inimigos, após a sala dos dragões verdes.

Equipamentos e Inventário

Devido à dificuldade em atravessar a masmorra e a possibilidade de se deparar com jogadores pkers, recomenda-se levar apenas itens que esteja disposto a perder. Com isso em mente, procure levar uma boa arma (que poderá ser salva em caso de morte utilizando a oração de salvar um item) e uma armadura qualquer. Apesar dos fantasmas não terem nenhuma fraqueza, magia causa uma boa quantia de dano neles.

Magos podem optar por usar uma armadura de asas de morcego juntamente com um cajado polipórico (com o feitiço padrão). Arqueiros podem optar por usar uma armadura de pele de dragão negro juntamente com um arco de cristal ou um canhão de mão. Guerreiros podem optar por usar uma armadura rúnica ou de granito juntamente com um malho caótico. É recomendado usar um amuleto da salvação (e) em todos os estilos de combate, como ele causa dano extra em criaturas mortas-vivas.

Para fugas emergenciais, é útil levar um amuleto da glória carregado, um bracelete do combate ou um anel da riqueza, como estes itens permitem teleportar até o nível 40 de perigo. Quanto ao inventário, recomenda-se levar pelo menos cinco poções do devoto (da oração) para garantir pontos para a oração de proteção durante todo o tempo, ou para o uso da maldição Alma Partida; um ou dois bunyips; alimentos de alta cura (como tubarão).

Aos que possuem um nível alto de evocação, é recomendado evocar um iaque de carga e levar pergaminhos especiais que podem teleportar itens direto para o banco, o que pode ser muito útil caso algo valioso seja solto pelos fantasmas, evitando perder tal item para um pker, por exemplo. Uma observação é que, se preferir, ative a oração de salvar item apenas quando observar algum jogador se aproximando, para evitar desperdício de oração.

Dicas úteis

Se estiver sozinho, procure ativar o recurso do livro de condição física de combate único na Terra Selvagem, o que evita que clãs o ataquem, por exemplo, como o recurso permitirá apenas que um jogador ataque por vez. No entanto, esse modo também afeta os monstros, e isso acabará atrapalhando na hora de matar os fantasmas, pois na maioria das vezes vários fantasmas atacarão de uma vez, ao mesmo tempo em que só um pode ser atacado por vez.

Por causa disso, pode acontecer de você estar atacando um fantasma e um outro te atacar, te obrigando a parar de atacar o fantasma que você estava matando para então combatê-lo, fazendo o primeiro recarregar a vida por completo. Fica a critério do jogador suportar tal desvantagem ou correr o risco de ser atacado por múltiplos jogadores. Procure ir lá em mundos vazios, geralmente ingleses, como o 36 ou o 65, por exemplo.

Todos os fantasmas soltam os mesmos itens, independentemente do nível, porém a frequência com que os itens valiosos são soltos é maior nos fantasmas de alto nível (como o Cavaleiro, o Orc, o Fera Sombria e o Dragão). Use os obstáculos e as ruínas da sala para bloquear alguns fantasmas, enquanto você ataca outros, para reduzir o dano recebido e durar mais tempo na masmorra. Evite comentar no chat público caso consiga algum item valioso, pois jogadores próximos podem querer atacá-lo por isso.

Tipos de Fantasmas

Existem os seguintes fantasmas de soldados mortos durante a Guerra dos Deuses: diabinho (nível 20), duende (nível 24, 28, 32 e 40), demônio de gelo (nível 54), pirodemônio (nível 58), trasgo (nível 64), vampiro (nível 68), lobisomem (nível 76), ciclope (nível 86), cão infernal (nível 94), demônio (nível 100), orc (nível 110), fera sombria (nível 130), cavaleiro (nível 140) e dragão (nível 93). Todos eles usam magia e corpo a corpo e possuem o especial de restaurar os pontos vitais, que é limitado e varia de acordo com o nível do fantasma.

Objetos soltos

Todas as armas e peças da armadura dragônica danificada (adaga, cimitarra, lança, maça, machado de batalha, cota de malha, elmo, escudo ret, perneiras e escarcelas de placa); equipamento de Estácio original e danificado (cota de placa, elmo completo, martelo de guerra, perneiras de placa); equipamento de Vesta original e danificado (cota de malha, escarcela de placa, lança e espada longa); equipamento de Zuriel original e danificado (capuz, cajado, túnica e saia túnica); equipamento de Morrígan original e danificado (coifa, cota de couro, perneiras de couro, dardo longo, machado de arremesso), artefatos antigos (variam de 5.000 moedas até 5.000.000 moedas), luvas de habilidades.

Os artefatos antigos representam os deuses e podem ser vendidos para Mandrith (no banco de Fronteiriça) ou para Nastroth (no pátio do castelo de Lumbridge). Fora isso eles não podem ser negociados entre jogadores e nem vendidos no Mercado Geral. As luvas de habilidades são exclusivas para membros, soltas de forma muito rara, fornecem 50% a mais de experiência na habilidade relativas a elas (ou 300% a mais caso a habilidade seja treinada dentro da Terra Selvagem). A de culinária, por exemplo, fornece 1 milhão de experiência até se degradar caso seja usada para fazer tortas de verão na Terra Selvagem. Também é possível receber pergaminhos de dicas difíceis nos fantasmas, assim como moedas.

Categories:

1 Response for the "Fantasmas de Forinthry - Revenants (Atualizado)"

  1. valew,queria mesmo um very rare

Postar um comentário