Enigma do Luto - Parte I

Posted by Rune Tephix On 19:22 7 comentários

Início: fale com Eluned em Isafdar a leste do acampamento de Tyras ou a sudeste das rochas de adamantio.

Só membros? Sim.

Dificuldade: mestre.

Duração: longa.


Requisitos: nível 60 em combate à distância, 50 em roubo.

Itens necessários: pele de urso, duas sedas, dois corantes azuis, vermelhos, amarelos e verdes, um balde com água, uma pena, crocantes de sapo, maçã podre (obtida durante a missão), couro, fole de ogro (obtido na caverna de Rantz ao oeste das colinas de Feldip), livro de explosões (dado pelo senhor Iorwerth), 20 ou mais pedaços de carvão mineral.

Inimigos para derrotar: lamentador (nível 79-86).

Para começar a missão fale com Eluned em Isafdar. Ela se encontra a leste do acampamento de Tyras, em um ponto isolado ao sul de uma armadilha de varetas, assim como a sudeste do local de mineração de adamantio, próximo de lenhas mágicas. Assim como antes, ela muda de localização a cada cinco minutos.

Eluned vai lhe entregar uma semente de cristal que teleporta diretamente para Lletya, de modo que você possa falar com Arianwyn no andar térreo do grande edifício a leste. Fale com ele para receber a missão de se infiltrar entre os lamentadores de Ardonha, que na verdade são elfos disfarçados. Faça seu caminho para a passagem de Arandar.

O método mais fácil para chegar lá é teleportando para a magnetita de Ardonha ou para a árvore espiritual do forte dos gnomos, seguindo então para o sudoeste passando pela colônia (da missão "fazendo história"). Ou ainda seguindo para o extremo sul a partir da magnetita do pico das águias. Ao chegar lá, mate um lamentador e pegue as vestes que serão soltas.

Agora, você precisará remover a mancha de sangue da camisa de lamentador; para isso, teleporte para Taverley e fale com Tegid próximo do mar ao sul do pet shop. Ele não vai querer te dar um sabonete novo, então furte um da cesta próxima a ele e use com um balde de água para depois limpar a camisa em questão.

Você também vai precisar costurar as calças de lamentador; para isso, teleporte para Lletya e fale com Oronwen, a costureira localizada na parte noroeste da cidade. Ela aceitará o trabalho caso você consiga trazer para ela dois pedaços de seda e uma pele de urso. Você pode matar um urso ao sul de Lletya e comprar sedas em Al-Kharid. Feito isso apenas espere um momento até que ela costure a calça.

É possível comprar os corantes negociando com Oronwen neste momento. Faça seu caminho até a base dos lamentadores ao nordeste na Ardonha Ocidental, equipando toda a roupa de lamentador antes de entrar (máscara, camisa, calças, luvas, botas e capa). Entre na base e desça a escada pelo alçapão para chegar em uma base subterrânea repleta de guardas. Encontre o lamentador chefe no escritório e fale com ele.

Ele vai tomar sua carta de recomendação, obtida ao matar o lamentador em Arandar, e dirá para você pintar as ovelhas que estão ficando descoloridas em Ardonha Oriental, entregando-lhe um dispositivo quebrado e uma chave manchada. Use a chave para abrir a cela do gnomo inventor, ao sul, e fale com ele na mesa.

O gnomo vai se recusar em reparar o aparelho, e não cederá a nenhuma forma de tortura. Com isso, use uma pena nele para fazer cócegas nos pés; ele ainda não cederá, então repita o processo tendo os crocantes de sapo no inventário; entregue os crocantes para ele juntamente com uma peça de couro e uma lenha mágica.

Solte o gnomo da mesa de tortura e depois de um tempinho recolha o dispositivo, agora funcional, falando com ele. Caso ele desapareça por completo, tente subir as escadas e descer novamente para consertar o possível bug. Viaje até as colinas de Feldip (caminhando ou usando o código de anel de fadas A-K-S). Recupere o fole de ogro na caverna de Rantz e tire todo o gás dele caso ainda tenha, capturando sapos e soltando-os em seguida.

Depois disso, use um dos corantes no fole e então use o fole em algum sapo no pântano de Feldip para torná-lo colorido. Faça isso com o corante azul, vermelho, amarelo e verde, obtendo sapos das quatro cores. Recomenda-se obter dois sapos de cada cor, como você pode acabar errando o alvo e tendo que refazer toda a viagem posteriormente.

Quando estiver pronto vá até Ardonha Oriental e observe quatro tipos de ovelhas coloridas nos arredores do norte da cidade. Identifique a cor da ovelha, carregue a munição do dispositivo com o sapo da cor correspondente, afaste-se alguns passos da ovelha que será atingida, equipe o dispositivo e por fim clique com botão direito nele e selecione "atirar".

Clique nas setas para regular a mira e clique no botão vermelho na interface para atirar o sapo e colorir a ovelha. Apenas uma ovelha de cada cor precisa ser atingida. Feito isso, desequipe o dispositivo, recarregue-o e repita o processo em uma ovelha de outra cor. Certifique-se de ter a ovelha no centro da mira antes de atirar, para que você não perca o sapo e tenha que retornar à Feldip recuperá-lo.

Uma vez que quatro ovelhas de diferentes cores forem pintadas através do dispositivo volte para a base dos lamentadores e fale com o lamentador chefe. Você vai receber uma nova missão: a de envenenar com maçãs podres dois dos três pontos de reabastecimento alimentício localizados dentro da muralha da cidade.

Pegue uma maçã podre no chão a oeste da sede da Guarda da Morte e siga para a casa de Elena em Ardonha Oriental. Conte tudo a ela e entregue a maçã coletada para que ela formule um veneno não letal para envenenar a população. Elena explicará o passo a passo de como criar o veneno, mas para isso você vai precisar de um barril de nafta, do livro de explosões do senhor Iorwerth.

Para começar, vá até o pomar no cercado ao sul do forte dos gnomos arborícolas (diretamente a leste da entrada para a fortaleza) e pegue um tambor vazio lá. Use o barril na pilha de maçãs podres e depois use no aparelho de barril de maçãs ao norte. Você vai esmagar as maçãs e assim obter um tipo de creme podre. Aproveite para pegar pelo menos mais um barril vazio a fim de fazer a nafta. 

Teleporte para a magnetita de Tirannwn e encha o barril vazio de piche usando-o na borda do brejo envenenado, diretamente ao sul do rastreador elfo. Existe apenas um único ponto exato para encher o barril, por isso olhe bem ao longo de toda a borda. Depois siga até a casa do químico em Rimmington para realizar o fracionamento do enxofre, não se esquecendo de levar também o barril de maçãs e a peneira dada por Elena. Encha o inventário de carvão mineral e use o barril com piche no aparato de fracionamento do lado de fora da casa do químico. Você precisa usar o mesmo método empregado durante a missão "regicídio".

Para operar: gire o regulador de piche no sentido horário duas vezes, de modo que fique semelhante a imagem acima. Quando o ponteiro do indicador de pressão atingir a região verde mova a alavanca do manômetro apenas uma vez, parando o indicador, conforme também é possível observar acima. Comece a adicionar carvão mineral clicando na imagem da grelha na interface, isso faz com que o ponteiro do indicador de calor (da direta) comece a se mover. 

Adicione carvão até ele atingir a região verde e, depois disso, espere com que o ponteiro volte a cair para a região laranja e adicione mais carvão. Tome cuidado para não adicionar carvão demais ou deixar a temperatura cair demais, ou do contrário terá que refazer o processo. A barra na parte inferior começará a ficar verde, demonstrando progresso. Quando ela for totalmente preenchida, parar de adicionar carvão e retirar seu barril de nafta.

Use a nafta no barril de maçãs e depois coe a mistura utilizando a peneira para obter uma solução de nafta tóxica. Para terminar, use o barril em um fogão para evaporar o solvente e formar dois montes de um pó branco tóxico. Você pode usar o fogão encontrado na casa nordeste de Rimmington, tomando cuidado para não fazer isso em fogo aberto, como a nafta vai explodir e você precisará reiniciar o processo todo.

Agora você vai precisar adicionar os montes de pó branco em dois pontos de reabastecimento em Ardonha Ocidental. Os pontos são sacos de grãos marrons, e podem ser encontrados na parte de fora do armazém geral, no canto sudoeste da Ardonha Ocidental; no andar de cima da igreja de Ardonha Ocidental, que fica ao sul da praça da cidade; e no interior do escritório civil da Ardonha Ocidental. Você pode escolher os pontos que preferir.

Ao concluir a tarefa volte a falar com o lamentador chefe, que acabará contando para você todo o plano secreto da Guarda da Morte, que está totalmente relacionado com o retorno do Senhor Sombrio em sua magnificência; ele também vai dizer que ainda tem uma tarefa para você, mas isso terá que ficar para outra hora. Parabéns, missão completa.

Recompensas: 2 pontos de missão, 25.000 de experiência em condição física e roubo, acesso à sede dos lamentadores e à cidade de Lletya, semente de teleporte de cristal, roupa completa de lamentador, 2 vale-chaves.

Categories:

7 Response for the "Enigma do Luto - Parte I"

  1. Anônimo says:

    Guia ficou bom, poderia ter mais detalhes sobre as localizaçoes, como a casa de Elena por exemplo..
    Mas ajudo mt vlw a vcs!!!

  2. Anônimo says:

    Acho que esse foi o pior guia que li do rune tephix, sem localidades, mal explicado, lista de itens incompletas...
    Lastimável...

  3. Comentários fracos acima ótimo guia tudo certo

  4. Anônimo says:

    Lista de itens faltou uma lenha mágica, de resto, ótimo guia como sempre!

  5. Como eu consigo o livro de explosões de novo? Perdi o meu e não sei onde pega-lo

  6. Anônimo says:

    Não consigo achar o fole de ogro. Quando abro a arca diz que não tem nada dentro :/

  7. Anônimo says:

    posta como recuperar o livro de explosões por favor

Postar um comentário